Pular para o conteúdo

Dia de Poesia com Lucia Helena Galvão

Southern cross. Optical image of the constellation Crux, the southern cross (centre right). North is at top. The dark patch just below centre is called the Coal Sack. It is a nearby dark nebula which obscures the light of the bright Milky Way behind it. The bright star at the left of the cross, just above the Coal Sack, is Mimosa (Beta Crucis). To the right of the Coal Sack, at the foot of the cross, is Acrux (Alpha Crucis). The bright star at far left is Hadar (Beta Centauri) in the neighbouring constellation Centaurus, the centaur. Crux is best seen in autumn from the southern hemisphere.
.

CRUZEIRO DO SUL

Ao misterioso Ser Sutil,
tutor de nossas terras brasileiras.
Coração aberto e verdejante
tal qual o de seus habitantes.
Oh Grande Deva, cuja olhar cobre as fronteiras
desta terra que elegemos como lar.
Ser Soberano, que habitas no Cruzeiro,
sob tua Luz, nossa Águia faz seu ninho e pousa,
no berço esplêndido e grandioso em que repousas.
Filhos da Águia, nessa terra que consagras,
também teus filhos, te narramos nossa saga.

Conhece o nome d’Aquele que nos envia
e que nos manda cumprir essa missão.
Vê o brasão do Senhor, que se anuncia,
gravado em nosso coração.
Viemos trazer, com nossas mãos, as ferramentas
para abrir passagem ao Sol de um novo mundo.
Temos conosco o Machado, a Clava Forte
dos que tu sabes que jamais fogem à luta.
E a Tocha da Sabedoria, cujo porte,
é imprescindível em meio à noite absoluta.

Temos a pena da Justiça, cujo traço
há de envolver teus filhos, em um forte laço.
Para adornar-te, temos louros da Vitória,
para que o presente também seja Paz e Glória.
Somos obreiros, Senhor, do Novo Mundo,
a cujo Sol te referistes no teu Hino.
Somos semeadores do Divino
na terra fértil e generosa que guardais.
Eis que te expomos nossas credenciais
sob esse teu portal radiante, o Cruzeiro,
e esperamos que nos reconheçais
e franqueeis para nós vosso sendeiros,
velando por toda semente que plantemos
para que possamos colher planta, uva e vinho.

Que tu indiques, para nós, os bons caminhos
e abras passagem aos corações de teus filhos.
E se reflita, em teu seio, o nobre brilho
da Águia Solar que nos conduz a este meio.
E que o Cruzeiro testemunhe esse momento
e sele o Pacto Sagrado, o Sacramento
desse acordo tão sublime e sutil
entre o Senhor do Mundo e o Senhor dessas Terras,
Pátria Amada, Brasil.

READ  Dia de poema: "Busca dentro de ti" de Amado Nervo

Bandeira

 

Poesia da professora Lucia Helena Galvão

Conheça mais em: www.luciahga.blogspot.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *